Maria Eliza da Silva teve fratura nas pernas e traumatismo craniano. Ela foi socorrida e levada ao Conjunto Hospitalar de SorocabaP

O caso da menina de 8 anos que caiu do quarto andar de um prédio no Parque Três Meninos, em Sorocaba, foi registrado como queda acidental e abandono de incapaz. O Cruzeiro do Sul teve acesso ao boletim de ocorrência. Nele, consta no histórico que a primeira perita a analisar a cena entendeu “tratar-se de acidente”. Há, porém, no registro, a informação de que “somente o laudo vai esclarecer melhor os fatos”.

No documento, registrado no Plantão Policial Norte, consta que a criança foi socorrida ao Conjunto Hospital de Sorocaba (CHS) pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) apresentando escoriações pelo corpo e cabeça. Ela também tinha fraturas no tornozelo e fêmur esquerdos.

No depoimento, a madrasta da menina afirmou que saiu para levar o marido ao trabalho por volta das 3h50. Quando voltou, às 4h10, próximo ao bloco A, teria encontrado a garota no chão, chorando e pedindo socorro. A mulher contou aos policiais que a enteada teria ficado dois meses com a mãe em São Paulo e, desde o retorno, estava “mais quieta”.

Conforme o informado pela perita do caso, a rede de proteção estava cortada. Uma tesoura foi deixada no sofá, no interior do apartamento.

Investigação

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, serão solicitadas imagens de câmeras de segurança do local. Além disso, “a criança ter sido deixada, ainda que por pouco tempo, sozinha, será também investigado, pois do abandono a criança sofreu a queda que resultou nas lesões graves”. Os objetos recolhidos pela perícia que serão utilizados na investigação devem ser encaminhados ao Distrito Policial da área dos fatos, no caso, o 2º Distrito Policial. 

Por/Esdras Felipe Pereira

07/02/2019