O acidente ocorreu por volta das 7h da manhã no km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho.

Subiu para 41 o número de mortos no acidente que ocorreu na manhã desta quarta-feira em Taguaí, São Paulo. A informação foi confirmada pela Polícia Militar de São Paulo. A colisão entre um ônibus corporativo e um caminhão ocorreu por volta das 7h da manhã no km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho. Há cerca de 15 feridos, mas o número total de pacientes com necessidade de atendimento ainda é indeterminado.

De acordo com informações preliminares, o ônibus teria tentado ultrapassar outro veículo quando bateu de frente com o caminhão. A rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho segue interditada para atendimento da ocorrência. Três unidades de saúde estão em alerta para o recebimento de feridos. Corpo de Bombeiros e polícia militar está no local ainda na operação de remoção de pessoas das ferragens dos veículos.

Em entrevista à CNN Brasil, o porta-voz da PM, tenente Alexandre Guedes informou que o local é de difícil acesso e que este é o maior acidente do ano com vítimas fatais. O ônibus levava cerca de 50 trabalhadores de uma empresa têxtil de jeans.

Em nota, a administração municipal de Taguaí decretou luto oficial de três dias. O texto diz: “Hoje a cidade amanheceu com a triste notícia de um acidente envolvendo um caminhão e um ônibus com trabalhadores de confecção que vinham de Itaí e Taquarituba para Taguaí. Informações mais detalhadas ainda estão sendo apuradas pelos órgãos competentes. Externamos nossos sinceros sentimentos às famílias, amigos, à empresa e colegas de trabalho destes que se foram. Dia triste”.

Por/Correio Braziliense