Pescadora desaparecida é achada à deriva com corpo do marido em barco no AM

0
8
Helicóptero da Marinha fez o resgate da pescadora no Rio Negro. — Foto: Divulgação/Marinha

Casal estava desaparecido há uma semana. De acordo com a polícia, a mulher foi resgatada com vida e o companheiro teria morrido depois de sofrer um infarto durante a pescaria.

Após uma semana do desaparecimento do casal de pescadores José Nilson de Souza Bernardo e Maria das Graças Mota Bernardo, ambos de 68 anos, a Marinha localizou, nesta terça-feira (4), a embarcação deles à deriva no Rio Negro, em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). O sumiço ocorreu na zona rural de Novo Airão, município da região metropolitana da capital.

De acordo com a Marinha, a mulher foi resgatada com vida e o companheiro dela estava morto dentro da embarcação.

De acordo com o delegado titular da 77ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Novo Airão, as informações preliminares dão conta que José Nilson teria morrido depois de sofrer um infarto durante a pescaria. Desde então, Maria das Graças ficou dentro da embarcação à deriva pelo rio, até serem localizados, na manhã desta terça.

Ainda conforme a Marinha, a mulher recebeu os primeiros socorros e atendimento e depois helitransportada até Manaus, onde foi encaminhada para hospital de referência da rede pública de saúde.

O corpo de José Nilton foi transportado pelos Bombeiros ao necrotério do hospital de Novo Airão e depois deve ser encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), em Manaus.

A Marinha informou que será instaurado Inquérito para investigar o caso.

Por g1 AM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui